sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Tudo muito nos ensina!
Mas duas palavras resumem uma realidade: tudo passa!
Do que é bom fica a energia, a alegria, a garra, a alta performance, o crescimento e a motivação, do que não é esvazie-se!
Eis o belíssimo ciclo... (Marcos Castro)


Nenhum texto alternativo automático disponível.
Para reflexão :
Às vezes,a gente vive de algumas insistências.
Mas com o tempo descobre que, bater em uma tecla cuja a letra não dá mais significado algum, é escrever sem história.
É quando decidimos nos afastar de coisas e pessoas que nada mais nos dizem, de afetos que não nos afetam mais!
Não que nada mais nos reste, mas talvez porque em nós o amor-próprio
transborde! (Inês Seibert)

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

BOA SEMANA!!!!!

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Não depende do outro...
Depende do quanto somos cabeça-dura, do quanto demoramos para compreender que há situações que fogem ao nosso controle ou melhor, que nem sempre dependem de nós para melhorar ou piorar e "tudo bem".
Reconhecer que não temos o controle de tudo, principalmente da fala, das reações e atitudes do outro já seria um belo começo!
O nosso bem-estar depende de cada um de nós. Depende de aceitarmos nossos limites, depende de reconhecermos nossas conquistas pessoais, de identificarmos a necessidade de recebermos ajuda, depende também da busca dessa ajuda.
AME-SE
CUIDE-SE
ESCOLHA-SE
Nenhum texto alternativo automático disponível.
"Primeiro fique sozinho. Primeiro comece a se divertir sozinho. Primeiro amar a si mesmo." Osho
"Primeiro fique sozinho. Primeiro comece a se divertir sozinho. Primeiro amar a si mesmo." Osho
CONTIOUTRA.COM|POR CONTI OUTRA

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Para lidar com as crianças: 6 maneiras de estimular a autonomia desde cedo.
1 - Permita escolhas possíveis
Seja firme quando a criança quiser quebrar regras, colocando-se em situação de risco. Quer atravessar a rua sozinha aos três anos? Sem discussão, não pode. Mas a deixe fazer as escolhas possíveis. Ela pode escolher a roupa para ir a uma festa ou o brinquedo que vai levar ao parque, por exemplo.
2 - Dê responsabilidades
Depois de brincar, desde cedo, ensine a criança a guardar sozinha seus próprios brinquedos.
3 - Envolva a criança nas decisões
A partir dos dois anos, a criança pode participar da arrumação da própria mochila, buscando os objetos que devem ser guardados. Conforme ela cresce, oriente-a a fazer essa tarefa mais sozinha. Oriente e supervisione, mas dê liberdade para que ela execute a tarefa.
4 - Ensine e supervisione
Na hora do banho, ensine como a criança deve se lavar. Depois, deixe-a tomar banho sozinha, ficando ao lado e dando dicas do que pode ser melhorado. Por fim, deixe-a a sós no banho, mas faça uma “revisão” no final.
5 - Não conserte o que deu errado
Quando a escolha da criança não for boa, não tente “consertar” todas as vezes. É importante deixar que ela sofra as consequências para que entenda a responsabilidade que envolve escolher e pense melhor na próxima vez. Claro que desde que não haja prejuízo à saúde e à segurança dela.
6 - Dê feedback
Ao checar as tarefas realizadas pela criança, sempre valorize primeiro o que foi bem feito, para então dizer o que precisa ser melhorado.


Tudo muito nos ensina! Mas duas palavras resumem uma realidade: tudo passa! Do que é bom fica a energia, a alegria, a garra, a alta perfor...